A escola de samba Rosas de Ouro transformou um personagem que representava o presidente Jair Bolsonaro (PL) em um jacaré durante desfile na madrugada deste  domingo (24), no Anhembi, em São Paulo.

A mutação ocorreu após o ator que interpretava Bolsonaro tomar a vacina contra a Covid-19. A encenação fez alusão a uma fala do chefe do Executivo federal em dezembro de 2020. Na ocasião, o mandatário disse, em tom de brincadeira, que se a pessoa que tomasse o imunizante viesse a se tornar um jacaré, a total responsabilidade seria dela.

O meme viralizou e se transformou em um dos assuntos mais comentados até os dias atuais. A oposição, é claro, até tentou usar a fala do presidente como uma colocação pejorativa, mas não obteve êxito. O bordão caiu na graça do público como uma fala sarcástica, irônica, assim como foi proferida à época.

Bolsonaro reagiu

Em reação aos vídeos relacionados à escola de samba Rosas de Ouro, o presidente da República decidiu falar sobre o assunto nesta segunda-feira (25).

Por meio do Twitter, Bolsonaro disse que a apresentação do grupo alegórico foi “ruim”, acrescentando uns carácteres de risada na postagem.

— Que apresentação ruim kkkkkkkkkkkkkkkk. Valeu — escreveu ele.





Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.