O Produto Interno Bruno (PIB) da China começou em alta neste ano de 2022, com uma taxa de crescimento que superou as expectativas do Partido Comunista (PCCh).

O resultado, no entanto, é tratado com cautela por especialistas, já que com a atual escalada nos índices de covid-19 e com os lockdowns cada vez mais frequentes, os próximos meses podem não atingir o mesmo desempenho.

A economia da China expandiu 4,8% nos três primeiros meses do ano em comparação com o mesmo período de 2021, conforme dados divulgados pelo Departamento Nacional de Estatísticas (DNE) nesta segunda-feira (18).

O dado representa um aumento de 4% em relação ao trimestre anterior, e ainda foi além do que esperavam os analistas econômicos, que previam um acréscimo de 4,4%.

As finanças do país comunista cresceram 8,1% em 2021, superando as próprias metas do Estado chinês. No entanto, o ritmo de expansão desacelerou acentuadamente nos últimos meses do ano. Para 2022, o PCCh estabeleceu meta de elevação do PIB em cerca de 5,5%, a menor em três décadas.





Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.