Depois de uma semana agitada nas movimentações partidárias, com diversas idas e vindas, dois pré-candidatos da chamada ‘terceira via’ se encontraram neste sábado (2).

O ex-juiz federal Sergio Moro (UB) e o ex-governador gaúcho Eduardo Leite (PSDB) estiveram juntos para uma reunião. Na conversa, eles retomaram um diálogo iniciado no final do ano passado, a fim de articular uma candidatura única em torno do chamado ‘centro democrático’.

Apesar de ainda não terem desistido em definitivo de se lançarem ao Palácio do Planalto, ambos enfrentam resistências em suas próprias legendas.

“Conversei com Eduardo Leite sobre o o momento político do país e sobre a necessidade de união do centro que está sendo liderada no União Brasil por Luciano Bivar”, anunciou Moro em uma publicação nas redes sociais.

Como se sabe, o ex-ministro da Justiça trocou o Podemos pelo União Brasil e afirmou que “nesse momento” abriria mão de sua candidatura à sucessão presidencial.

Apesar da intenção do partido de lançá-lo ao Congresso Nacional, Moro pretende convencer a sigla de que é o nome ideal para a disputa presidencial. O prazo máximo definido para essa estratégia é de 20 de julho a 5 de agosto, quando as coligações e os nomes do pleito serão registrados de forma oficial.

Já Eduardo Leite, por sua vez, renunciou ao Palácio Piratini, mas permaneceu no PSDB. Em novembro, o ex-mandatário do Rio Grande do Sul saiu derrotado nas prévias – vencidas pelo ex-governador paulista João Doria, que deve ser o nome tucano para as eleições de outubro.





Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.