O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a dizer quais de seus ministros irão deixar o governo para a disputa das eleições neste ano.

Com bastante visibilidade em Brasília, os nomes governistas devem receber total apoio do chefe do Executivo, integrando o grupo daqueles que serão as principais apostas para vencer o pleito eleitoral de 2022.

Bolsonaro continua citando o número de 9 ministros. No entanto, tem preferido dizer apenas os nomes e quais estados, visto que as vagas de disputa ainda estão sendo debatidas. São eles:

Damares Alves — da Mulher, Família e Direitos Humanos — estado do Amapá.

Gilson Machado — do Turismo — Pernambuco.

Tarcísio de Freitas — da Infraestrutura — São Paulo.

Rogério Marinho — do Desenvolvimento Regional — Rio Grande do Norte.

Onyx Lorenzoni — do Trabalho — Rio Grande do Sul.

Tereza Cristina — da Agricultura — Mato Grosso do Sul.

Flávia Arruda — da Secretaria de Governo — Distrito Federal.

João Roma — da Cidadania — Bahia.

Marcos Pontes — da Ciência e Tecnologia — São Paulo.

Apesar da fala do mandatário, o número de integrantes deve ser bem maior, podendo chegar a cerca de 14/15 nomes, conforme tem apurado a nossa equipe.





Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.