Após três anos de muita polêmica e atritos políticos, o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, anunciou nesta sexta-feira (25) o fim de sua missão em solo tupiniquim.

O diplomata asiático já começou a se despedir das autoridades brasileiras. Mais cedo, esteve com o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, para comunicar a saída.

Posteriormente, Wanming foi até o Palácio do Itamaraty para cumprimentar o ministro das Relações Exteriores, Carlos França.

“Caros amigos, minha missão como embaixador da China no Brasil está chegando ao fim. Os três anos que passei neste nobre país foram uma experiência valiosa na minha carreira diplomática, uma oportunidade pela qual me sinto profundamente honrado e orgulhoso”, afirmou o representante diplomático, em uma publicação nas redes sociais.

“Estou muito satisfeito com os fluídos diálogos que sempre mantivemos com todas as partes da sociedade brasileira. Vou sempre lembrar a amizade do povo brasileiro com o povo chinês e o apoio valioso que os amigos brasileiros têm me dado tão generosamente ao longo do tempo”, acrescentou.

O regime comunista, por sua vez, ainda não anunciou quem será o substituto no posto de embaixador.





Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.